domingo, 19 de julho de 2009

F3 Isabel Dorotéia Clara da Fontoura


ISABEL DOROTÉIA CLARA DA FONTOURA – terceira filha de João Simões Lopes e Isabel Dorotéia da Fontoura, nasceu em Pelotas antes de 1825, falecendo aí em 1875, casou-se em Rio Grande/RS (20.2.1841) com ANTÔNIO JOSÉ DE OLIVEIRA LEITÃO, nascido no lugar de Penine em Gondifelos, Famalicão, distrito de Braga (Portugal) em 23 de março de 1807, e falecido em Pelotas a 5 de dezembro de 1898, filho do capitão-mor João Antônio de Oliveira Leitão e Maria Josefa da Silva Oliveira; neto paterno de João Antônio de Oliveira e Gertrudes Maria Leitão; neto materno de Antônio Ferreira da Silva e Ana Maria de Oliveira. Por seu avô paterno, era bisneto de Manuel Antônio de Oliveira e Isabel Francisca; por sua avó paterna, bisneto de Antônio José Leitão e Maria Leitão; por seu avô materno, bisneto de Dionísio Ferreira e Rosa da Silva; por sua avó materna, bisneto de Manuel Gomes da Torre e Quitéria de Oliveira. Por Manuel Antônio de Oliveira, trineto de Antônio Manuel e Ana Gomes; por Isabel Francisca, trineto de Manuel Gomes e Maria de Barros; por Antônio José Leitão, trineto de Antônio Gonçalves e Ana Leitão; por Maria Leitão, trineto de Francisco Gomes e Ana Leitão; por Dionísio Ferreira, trineto de Custódio Ferreira e Maria Luís; por Rosa da Silva, trineto de Veríssimo da Silva e Custódia Gonçalves; por Manuel Gomes da Torres, trineto de Custódio Gomes “o Novo” e Custódia Leitão; por Quitéria de Oliveira; trineto de Bernardo Gonçalves e Ana de Oliveira.
O casal teve seis filhos:
N-1 ISABEL AMÉLIA LEITÃO
N-3 ANTÔNIO *Pelotas a 31 de janeiro de 1846.
N-4 JOÃO *Pelotas em 5 de junho de 1848.
N-5 CÂNDIDO – filho de Antônio José de Oliveira Leitão e Izabel Dorothea Clara da fontoura (N-5), nasceu em Pelotas em 4 de maio de 1851.
N-6 BENJAMIN DE OLIVEIRA LEITÃO

CASAMENTO DE ANTÔNIO JOSÉ DE OLIVEIRA LEITÃO E ISABEL DOROTEIA CLARA DA FONTOURA, folha 129

"Aos vinte de Fevereiro de mil oito centos e quarenta e hum pelas cinco horas da tarde no Oratorio do Capitão João Simões Lopes nesta Cidade do Rio Grande de minha licença e por despacho do Excelentissimo Senhor Bispo Capellão Mor em presença do Padre Francisco Florencio da Rocha e das testemunhas abaixo declaradas se receberão solemnemente em matrimonio por palavras de presente, tendo sido dispensados os proclamas, ANTONIO JOSÉ DE OLIVEIRA LEITÃO, filho legitimo do capitão-mor João Antônio de Oliveira Leitão e D. Maria da Silva Oliveira, natural da villa de Barcellos Arcebispado de Braga, com Dona ISABEL DOROTHEA DA FONTOURA, filha legitima do dito capitão João Simões Lopes e Dona Isabel Dorothea da Fontoura natural de Pelotas e dali emigrados ambos os contrahentes, brancos, sendo advertidos para receberem as benções nupciaes em tempo competente E para constar mandei fazer este assento que asignei
O P.e Francisco de Paula Bap.ta
José Vieira Viana
Manuel Ant.o Lopes Corr.a "
 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares