terça-feira, 21 de julho de 2009

F1-N28 José da Cunha Lyra (1880-1915)


N28. JOSÉ DA CUNHA LYRA, filho natural do Visconde da Graça com Vicência Ferreira Lira nasceu na cidade de Pelotas-RS em 5 de maio de 1880, falecendo no Rio de Janeiro, com apenas 35 anos, em 8 de setembro de 1915.
Casou-se no Rio de Janeiro aos 33 anos, na Igreja de Nossa Senhora da Glória, em 31 de julho de 1913 com CLOTILDE DAUDT, natural de Santa Maria/RS, onde nasceu a 25 de dezembro de 1874.Clotilde era então viúva de Henrique Fernandes Pinheiro, e sendo filha de João Daudt e Catharina Haeffner; neta paterna de Johann Daudt e Barbara Schumacher; neta materna de Gabriel Haeffner e Maria Felícia Edler.
Clotilde veio a falecer no Rio de Janeiro, em 8 de novembro de 1953.
Do casamento com José, nasceram duas filhas, Lygia Daudt Lyra e Catharina Daudt Lyra.

REGISTRO DE CASAMENTO DE JOSÉ DA CUNHA LYRA, IGREJA NOSSA SENHORA DA GLÓRIA, RIO DE JANEIRO.
Aos trinta e um dias do mez de Julho de mil novecentos e treze, pelas oito horas da noute, na casa nð 51 da rua Alice, nesta Freguezia de Nossa Senhora da Gloria, depois de habilitados canonicamente, por palavras de presente na forma do Ritual, em presença do Revmo. Padre Epaminondas Rolin, com minha licença, e na das testemunhas João Daudt Filho, Joaquim Lagunilla, Haydée Lopes Daudt e Angelina L. de Lagunilla, receberam-se em matrimonio os contrahentes José Lyra e Clotilde Daudt Pinheiro; elle com trinta e tres annos de edade, solteiro, filho de Vicencia Ferreura Lyra, baptizado na Freguezia de São Francisco de Paula da cidade de Pelotas; e ella com trinta e quatro annos de edade, viuva do Dr. Henrique Fernandes Pinheiro, filha legitima de João Daudt e de Catharina Daudt, baptizada na Freguezia S. Maria da Bocca do Monte, Bispado de Santa Maria, moradores elle na parochia de São José e ella nesta parochia. E para constar fiz lavrar este assentamento que assigno. O Vigario Mons. Luiz Gonzaga do Carmo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens populares